Chiquinho do PT empossado presidente do PT de Livramento

0
884
PUBLICIDADE

O comerciante Francisco Rocha Aguiar tomou posse na manhã de domingo (9) como Presidente do Diretório Municipal do Partido dos Trabalhadores de Livramento de Nossa Senhora, ao lado dos demais membros da nova Executiva Municipal e da nova diretoria. O deputado estadual Marcelino Galo (PT), presidentes do Partido dos Trabalhadores, Marinilton Martins Santos (Rio de Contas), José Moura (Dom Basílio), o vereador Edfrutas, de Dom Basílio, membros da sociedade civil, de movimentos sociais e representantes do poder público se fizeram presentes na cerimônia. Também estiveram presentes o técnico agrônomo Dilton Argolo, da ASAMIL, o presidente da CEFORC, Hugolino Lima, o coordenador de Cultura, Zeferino Neto, além de outros.

Além de Francisco Rocha Aguiar (Chiquinho) foram empossados a vice-presidente Maria do Livramento Dourado, primeiro secretário Hugolino Lima Neto, o tesoureiro Juarez Barbosa da Silva (Patrãozinho) e o secretário de organização, Caio Tatamiya Rodrigues.

Chiquinho do PT destaca que o objetivo de sua gestão é dar continuidade ao processo de fortalecimento do PT, alicerçado nos princípios de inclusão, justiça e igualdade do partido, para que a legenda ganhe forças para as eleições de 2018. Avalia que o partido a partir de seu comando será incansável na luta em defesa da classe trabalhadora, da justiça e da igualdade.

Durante solenidade, firmou-se um acordo para que o Partido dos Trabalhadores de Livramento, assim como Rio de Contas e Dom Basílio, será o carro chefe na condução da construção de um novo momento para esta região do sudoeste do estado e para a retomada do projeto de inclusão e de igualdade ensejado pelo governo PT.

O presidente empossado, Chiquinho do PT, se declarou muito feliz por presidir o partido que sempre o motivou a fazer militância político-partidária, atuando desde quando foi fundado, inclusive, ao lado do “companheiro” Luis Inácio Lula da Silva, quando também morou na região do ABC paulista e foi um de seus primeiros filiados históricos da agremiação que nasceu das lutas sindicais. “Para mim este é um momento muito significativo. É um marco na história minha vida pessoal e política, pois todos sabem o quanto fiz e farei pelo nosso partido, dando-lhe um novo rumo,promovendo uma nova gestão, moderna, cadenciada, atuante e presente nos debates acerca dos problemas deste município e sua população”, disse a FOLHA REGIONAL.

O novo presidente do diretório Municipal do PT de Livramento promete reorganizar a força articuladora do partido que, segundo ele, necessita também em nível local, de projeto de unificação da legenda, mesmo em meio às adversidades que o partido enfrenta por conta de fragmentações. “A nossa responsabilidade é muito grande, pois precisamos unificar o nosso partido na diversidade”, declarou Chiquinho PT.

Ausências sentidas

Apesar de convidados e serem seus filiados importantes, não comparecerem e nem justificaram as ausências o ex-vice-prefeito do governo Paulo Cardoso e secretário de Saúde do atual governo de Ricardo Ribeiro, Gerardo Júnior, os ex-vereadores Antonio Luiz Rego (Tõe Luiz) e Joaquim Bitencourt Correia (Quiquinha de Amoreira), entre outros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui