FIES terá mudanças e Ciência sem Fronteira não será retomado

0
82

O ministro da Educação, Mendonça Filho, afirmou que o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) vai sofrer uma reformulação por conta das dívidas acumuladas, de até R$ 32 bilhões, por conta da inadimplência de 46% dos beneficiados. O ministro também confirmou que o programa Ciência sem Fronteiras (CsF) não será retomado.

Sobre o CsF, o ministro afirmou “assumir a decisão de não retomar o programa”. “[O programa] promove a inversão de prioridades, o atendimento de ricos em detrimento dos pobres. O orçamento é praticamente o mesmo da merenda escolar, que atende 41 milhões de estudantes, a um custo de R$ 90 por aluno por ano”, afirmou. No início de sua gestão, Mendonça havia dito que o programa seria reformulado, atendendo inclusive os estudantes da pós-graduação.

Já sobre o Fies, o ministro disse que haverá uma reformulação para remendar o rombo que, segundo ele, foi causado por gestões anteriores. “Não dá para levar um programa que produz um rombo dessa magnitude ”, afirmou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui