“Justiça nesse país só para negro e para pobre”, diz promotor de justiça após julgamento da médica Katia Vargas

0
209
PUBLICIDADE

Após o julgamento que inocentou a medica Katia Vargas, nesta quarta-feira (6), de ser a responsável pela morte dos irmãos, o promotor Davi Galo disse durante uma entrevista coletiva à imprensa que, “É um absurdo. Como baiano, me sinto envergonhado. Justiça nesse país só para negro e para pobre”, afirmou.

Leia também: “Vou matar Kátia Vargas pessoalmente”, grita a tia dos irmãos; Veja vídeo

O promotor Luciano Assis ressaltou que a decisão contrariou até o que tinha pedido a defesa. “Foi uma decisão manifestamente contra os autos. Vamos interpor recurso e esperar que o Tribunal de Justiça seja acolhido”, comentou.

Os representantes do Ministério Público da Bahia (MP-BA) e promotores afirmaram que vão recorrer da decisão que inocentou a médica pela morte dos irmãos Emanuel e Emanuelle Dias.

Leia também: “Será que eu estou louca?”, relata a Atriz Erika Januza ao relatar racismo enquanto fazia compras

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui