Presidente da UPB critica 13º Salário para vereadores e prefeitos

0
27
PUBLICIDADE

O presidente da União de Municípios da Bahia (UPB) mostrou insatisfação quanto à posição de prefeitos e vereadores de receberem 13° neste ano após liberação da Justiça. “Olha, eu fico muito triste. A gente não pode ter dois discursos. Você não pode dizer que está em crise e receber 13°. Eu sou contra tanto à posição do Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) como do Supremo Tribunal Federal (STF).

Eures Ribeiro criticou que mesmo sendo legal, acha imoral pelos momentos de crise que o País está vivendo. “O país ainda está em crise. Reconheço que a Justiça entendeu isso, mas o tempo não nos requer essa posição. Em outro momento, a gente pode conceder esse direito”, declarou ao afirmar que,  ao contrário de muitos municípios, como Livramento e Rio de Contas, em Bom Jesus da Lapa, a Câmara de Vereadores aprovou a concessão do 13° para prefeito, vereadores e secretários, mas ele vetou a medida.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui