FIES terá mudanças e Ciência sem Fronteira não será retomado

0
68

O ministro da Educação, Mendonça Filho, afirmou que o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) vai sofrer uma reformulação por conta das dívidas acumuladas, de até R$ 32 bilhões, por conta da inadimplência de 46% dos beneficiados. O ministro também confirmou que o programa Ciência sem Fronteiras (CsF) não será retomado.

Sobre o CsF, o ministro afirmou “assumir a decisão de não retomar o programa”. “[O programa] promove a inversão de prioridades, o atendimento de ricos em detrimento dos pobres. O orçamento é praticamente o mesmo da merenda escolar, que atende 41 milhões de estudantes, a um custo de R$ 90 por aluno por ano”, afirmou. No início de sua gestão, Mendonça havia dito que o programa seria reformulado, atendendo inclusive os estudantes da pós-graduação.

Já sobre o Fies, o ministro disse que haverá uma reformulação para remendar o rombo que, segundo ele, foi causado por gestões anteriores. “Não dá para levar um programa que produz um rombo dessa magnitude ”, afirmou.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA